Capítulo 86

***

Eu e o Jake, durante o furo que tivemos, fomos para o pátio da escola, apanhar um pouco da brisa fria que se fazia sentir naquela altura. Não estava lá ninguém, apenas eu e ele.
A felicidade que sentia fazia-me ver a vida de outra perspectiva. Fazia-me libertar dos rancores e confusões, e apenas querer saber dos aspectos positivos da vida. Nada me podia derrubar.
- Não conseguiste falar com a nova aluna da escola? – Perguntou o Jake, convidando-me a sentar à sombra de uma árvore.
- Não… desatou a correr assim que me viu… Nem consegui saber o nome dela, nem fazê-la saber o meu…
- Sabes… ela faz-me lembrar o Dave…


- É.
- Por falar em Dave… Ainda não conseguiste falar com ele mais do que cinco minutos, sem que ele desse alguma desculpa para fugir de ti, pois não?
- Não… - Respondi, indignada. – E confesso que estou prestes a desistir. Ele é demasiado fechado, e por mais que fale com ele não consigo extorquir nenhuma informação. Só livros, livros e livros. Estou a começar a ficar desesperada.
- É uma questão de insistires… - Aconselhou o Jake, inutilmente, enquanto se encostava ao tronco da árvore.
- A sério, Jake? Nunca tinha pensado nisso. Já sei! Podias ir comigo falar com ele!


- O quê? Nem penses…
- Porque não? Seria muito mais fácil para mim falar com ele, contigo ao pé. Podias contribuir, fazer com que ele falasse.
- Mel, ele pensa que sou um rufião da escola. Sempre que me vê começa a fugir com um ar muito assustado! Achas que ele se sentiria à vontade para falar da sua vida particular comigo?
- Se fores pacífico com ele, e simpático, e não lhe deitares um olhar de superioridade como costumavas fazer antes de me conheceres…
- Mas eu já não faço isso! Eu trato-o como um colega normal… e no entanto ele continua a olhar para mim medrosamente. Não dá, Melody!


- Pois… se calhar tens razão. – Desisti, ainda com um pouco de esperança, mas com pouca vontade de insistir.
Naquele momento de silêncio, pensei na Cassandra. Várias imagens fragmentadas passaram-me pela cabeça, como flashes, imagens que me fizeram recordar os melhores momentos que passámos juntas. Apesar do desdém que tinha dela, não conseguia deixar de pensar num perdão. E se lhe desse uma segunda oportunidade? Será que poderíamos ser amigas outra vez? Como dantes?


- Hei, Mel!
- Hã? Desculpa?
- Estavas a pensar em quê? – Perguntou o Jake, enquanto pegava na sua mochila.
- Na Cassandra.
- Sinceramente, eu não sei do que estás a espera para ires falar com ela, cara a cara, e evitar apenas mais uma discussão.
- Jake, é difícil, sim? Se estivesses na minha pele? O que farias?
- Perdoava-la…
Aquela palavra fez-me estremecer. Perdoá-la? Será que devia fazê-lo?

***

Sentia-me bem comigo própria. Consegui fazer com que um sorriso fosse desenhado na cara de Miss Béatrice, coisa que raramente acontecia.


Tinha feito um acto de bondade e gratidão, coisa que eu nunca imaginava fazer, até àquele dia.
Embora estivesse impulsionada para ir, não podia comparecer às aulas. Todos iriam apontar-me o dedo, e falar de mim nas costas. Se calhar nem faziam isso, mas iriam logo rodear-me com infinitas perguntas e eu não estava disposta a isso.
A única fama que me restava, era a de papel de órfã que já todo o mundo sabe, porque a restante, é apenas o meu passado. Mas embora esteja abalada por esta “vida de sonho” ter acabado, sinto-me um tanto ou quanto aliviada. Vou ter uma vida normal e esquecer por completo a pessoa que eu fui nesse passado.



***

Já tinha passado uma hora, e a nova aluna ainda estava a estudar aquele livro de Geologia. Ela não olhava para mais nada, parecia que tudo desaparecia à sua volta quando lia aquele livro, tal como eu.
Queria saber o seu nome. Eu sei que é um grande passo mas tinha de o fazer, embora estivesse demasiado tímido para tal. Não me sentia com coragem. E se ela não quisesse falar comigo? Se me achasse um, como todos dizem, totó? Não queria dar um passo maior que a perna. Afinal, mal a conhecia…


3 Response to "Capítulo 86"

  • Desi Says:

    Tão brutaaaal! O.O
    O Dave tá todo atiradiço... o.o
    Cada vez melhor! Espero por muuuito mais! *.*


  • mmoedinhas Says:

    VAIIIIII DAVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! OMG este post ta recheado de fotos totalmente maravilhosas!!!! OMG Tipo a ultima do Dave... OU as fotos do Jake *baba-se*

    Ai Dave, concordo com o Desi, tás todo atiradiço rapaz, ai tou tão orgulhosa... Já não percisas de te escapar e ires comer maltesers a minha casa, agora tens a menina-de-cor-de-rosa-misteriosa-que-é-a-cópia-exata-do-Dave. *chora*
    ai que tristeza...

    Eu sabia que a zanga da Cassandra nao podia ser para sempre... Se eram verdadeiras amigas, nunca se conseguem zangar para sempre certo?

    Estou a adorar cada minuto, cada post, cada leitura que faço desta coisa... *preciso de ir apanahr ar O.o*


  • Diogo Says:

    Acho que ele podia arriscar! Fazia-lhe bem e adorei todo este capitulo continua por favor! Talvez pense nessa hipotese eu!
    continua!


Postar um comentário