Capítulo 79

"... E Sarah Mello, a modelo de 18 anos, dita a nova grande notícia de hoje. Segundo uma colega da escola, cujo nome fictício é Emily, a jovem mais influente de Fort Sim é órfã de ambos progenitores. Sarah Mello não quis adiantar a confirmação deste facto, nem quaisquer pormenores. A sua amiga e acessora, Cassandra Brown, mostrou-se surpreendida e disse não estar a par da situação. Ao que conseguimos apurar, a jovem modelo frequentou o orfanato Mathew Kaufmann e, segundo consta, a sua educadora dá pelo nome de Béatrice. Tentámos contactá-la, mas esta não se mostrou disponível. Vai ser uma notícia a ser tratada neste telejornal. "

“Sarah Mello Órfã!”


“Mathew Kaufmann salvaguardou estrela da moda”


“O orgulho (morto) dos pais de Sarah Mello”


“Escândalo na passerelle”


“Fama ou amor?
O que escolheria Sarah Mello?”


***


- Não se fala de outra coisa! – Resmungou a avó, desligando a televisão e atirando o jornal para a mesa de centro. – Já não se pode confiar em ninguém… vivemos num mundo de farsas e mentiras… Qualquer dia já nem nós próprios sabemos quem somos.


A notícia de a Sarah ser órfã espalhou-se pelo mundo como um Tsunami gigante. Nada me fazia prever aquela situação, antes de ir falar com a Sarah. Não podia adivinhar que uma jornalista estava a escutar a conversa, nem podia adivinhar que uma reportagem sobre a fama da Sarah se transformaria rapidamente numa reportagem sobre as farsas da Sarah. Mas mesmo assim, sentia-me culpada por toda aquela situação. Se calhar podia ter evitado aquele súbito confronto? Poderia eu ter apenas ficado calada e deixar a Sarah viver a sua vida? Mas não fui capaz, iria contra a minha natureza.
Aquela semana tinha sido fortemente dolorosa e difícil de ultrapassar, e só de pensar que ainda me faltava uma pessoa, dava-me vontade de nunca mais voltar à escola.

***

Acordei com os douradíssimos raios de sol a penetrarem nas frestas dos estores e a inundarem-me a face. Finalmente era Sábado, embora me fosse indiferente. Os dias, as horas, os minutos… tudo se tinha tornado irrelevante na minha mente, começando a fazer tudo mecanicamente, sem vontade… sem vida.
Naquele dia, estava determinado a mudar a minha rotina. Tinha de espairecer e pensar na minha vida e no que fazia nessa mesma vida.
Levantei-me e fui-me vestir, para começar um novo dia, ou apenas tentar…


***

- Bem… vamos lá arrumar esta casa… se é que se pode chamar a isto casa… isto mais se podia chamar um armazenamento de resíduos…
- Que exagero avó…
- Eh… diz que sim, diz que sim. Vá, minha menina, levanta-te.
Levantei-me lentamente, ainda com as pernas a latejar em consequência daquela semana intensiva. Vesti um avental e perguntei:
- O que é que eu faço?
- Bom, como tu estás cansadinha, vou deixar-te a tomar conta do pó desta sala, que eu vou tratar da cozinha e depois dos quartos, e já estou a ser demasiado caridosa!
- O que faço na sala?
- Primeiro de tudo, aspira o chão e os móveis… Ah, e nada de aldrabices! Quero tudo aspirado, até debaixo dos sofás!
- Sim, Avó…
Arrumar a casa era como estar num quartel militar, mas o pior de tudo, é que preferia mil vezes um general grosseiro com a barba por fazer do que a minha avó, nos dias das limpezas.


Peguei no aspirador e comecei a aspirar a sala, um pouco desmotivada e cansada. Olhei para a cozinha, e associei a minha avó, a lavar a loiça, com uma criança numa loja de doces. Como ela adorava o dia das limpezas…
No fim de aspirar quase toda aquela divisão, arredei, custosamente, o sofá maior de todos, e comecei a aspirar, detalhadamente, como a minha avó me mandou. Tão detalhadamente, que encontrei um papel no chão, perfeitamente dobrado, que, por segundos, me fez lembrar uma das cartas de amor que o Jake me mandara, e quase que rezei para que não fosse uma dessas, mas seria muito pouco provável.


***

Saí de casa, e, como de costume, levei as mãos aos bolsos, para me certificar que não me esquecia de nada. Mas algo estava a faltar, algo que me fazia sentir um enorme vazio no peito e não só naquele dia...


***

Agachei-me e peguei no papel… tinha uma fina camada de pó por cima, o que mostrava que já lá estava há algum tempo…


***

A página do meu Diário!


Faltava-me a página do meu diário, que eu tinha arrancado do mesmo, para a manter perto de mim. Estava ciente que não estava em mais lado nenhum de casa, pois tinha-a arrumado, por alto, há poucos minutos, e também sabia que nunca a tirava daquele bolso. Poderia estar em qualquer lado, mas onde? Onde? Era imperdoável se a perdesse.

***

Assim que peguei no papel, o meu coração disparou radicalmente, quase me fazendo perder as forças nas pernas. Não sabendo porquê, estava tremendamente nervosa pegando naquele papel… algo inexplicável… uma ânsia infatigável a espremer-me o coração…

5 Response to "Capítulo 79"

  • Inês Says:

    UAU!!!!! Bolas... este suspense mata-me sempre!! Porque tinha que acabar?? (acaba sempre na melhor parte xD)

    Ohhh!!!!! "Pobre" Sarah.. (não tenho uma opinião bastante formada sobre ela... por isso nem sei se hei-de ter um niquinho de pena ou mesmo nehum :S LOL)


    A avó adora mesmo as limpezas.. xD
    Tadinha da melody xP

    Agora quero saber o que diz a PÁGINA DO DIÁRIO!!!! :O :O :O

    ADOREI!! Como sempre... :D

    MAIIIIS!!!!!!!


  • Desi Says:

    Lindo!
    Perfeito!
    Maravilhoso!
    Isto está a melhorar de dia para dia!
    OMG!
    Quero mais, meeeeeeeeeeesmo! *-*


  • mmoedinhas Says:

    Aleluia! Meu deus! Finalmente! YAHOO! E outras expressões de "finalmente encontraram o maldito papelito!" For love of gode, é que demorou um bocado não?

    Saraaah, pobre Sarah... Finalmente tenho pena dela... Bem... Só um bocadinho pequenininhozinho! (morte aos jornalistas)

    Se queres continuar a ouvir (ou melhor ler XD) as minhas especulaçoes e iaca iaca, é melhor que pares com o suspense meu menino, senaooooooo morro de ataque de histeria caraças! Vê se postas! kkkkkk

    Deg deg

    P.S: o computador voltou! YEYEYYEYE


  • Diogo Says:

    ADOREI TANTO mesmo todo o capitulo ta 5 estrelas as pera, +++ de 5 estrelas tanto o inico esta maravilhoso e o fim magnifico mas tambem a tua parte do meio! AMEI COMO NUNCA ainda nao acabou mas eu sofro por anticipação! NÃO QUERO QUE ACABE! CONTINUAAAAAAAAAAAA PFF


  • Broken Doll ♥ Says:

    uau! adoeri as fotos da sara, adorei este capitulo,a dorei tudo!

    gostava de ver o que a sara anda a fazer e pensar.


Postar um comentário