Capítulo 68

Não sabia para onde o Jake me levava. Talvez para um sítio isolado, onde pudéssemos estar sozinhos num ambiente calmo. Por momentos pensei no Campo de Rugby, mas o caminho que levávamos era completamente diferente do que eu conhecia.
- Jake, para onde vamos? – Perguntei, um pouco atónita.
- Já vais ver.
Começámos a entrar numa rua que eu nem sabia que existia em Fort Sim. Uma rua ampla e de uma grande dimensão, com um conjunto de casas modernas que lhe davam um aspecto muito acolhedor. Era um ambiente completamente diferente do que me habituara a viver.
Quando finalmente parámos, fiquei perplexa com o que vi. Estava diante de uma espécie da mansão moderna. As paredes eram todas brancas, com janelas de grandes dimensões que possibilitavam a visualização do interior da casa.


E a minha avó muito provavelmente julgava que eu estava nas aulas.
O Jake levou a mão ao seu bolso e tirou um porta-chaves em forma de bola de Rugby, e, seleccionando a chave maior, abriu a porta daquela casa, e foi aí que percebi que ele me levara a sua casa.
Abriu a porta, e fez-me sinal para entrar primeiro. Entrei e consegui logo sentir o cheiro a novo inundar-me as narinas.
O Hall de entrada era grande, comparativamente com o meu. Tinha uma planta enorme encostada a um canto e, paralelamente a porta estava uma mesinha com um telefone e molduras com fotografias do Jake e do irmão quando eram pequenos. Perpendicular a esta, viam-se dois cadeirões vermelhos que pareciam novinhos em folha.


O Jake foi á cozinha beber água, e eu entretive-me a observar a sala, enquanto esperava por ele. Tal como o Hall de entrada, também a sala era moderna e bonita. Grande e ampla, tinha sofás pérola que pareciam igualmente novos, tal como o resto da habitação. Ao fundo da sala estava uma estante com livros e uma mesa grande com seis cadeiras que funcionava como sala de jantar, como na minha casa. Tinha tudo um ar acolhedor e simpático, e sentia-me em casa.


- A tua casa é muito bonita... é moderna! – Exclamei, ainda olhando em redor espantada.
O Jake riu-se, fitando a minha expressão agradavelmente surpreendida.
- O meu pai, como é pintor, gosta de ter a casa moderna e com as cores a combinarem... E a minha mãe agradece, claro! - Disse ele, com um sorriso caloroso. – Anda… vamos para o meu quarto.
- Não está ninguém aqui?


- Claro que não… O meu pai foi para uma exposição em Londres, e só volta amanhã, a minha mãe está a trabalhar e o meu irmão está na escola. Por que achas que eu te levei aqui? – Lançou-me um olhar um pouco irónico, que me fez varrer a sala com os olhos, tal era a vergonha. – Anda.
Subimos umas escadas de pedra macia com corrimão de ferro brilhante. As escadas iam desembocar a outro Hall. O mesmo tinha quatro portas. Provavelmente com acesso aos quartos.
O Jake encaminhou-me ao seu quarto, e eu fiquei ainda mais surpreendida. Aquela divisão distinguia-se perfeitamente do resto da residência. Este era constituído por cores azuladas e negras. O chão era de madeira, com um tapete um pouco amarrotado ao lado da cama. Tinha uma cama que dava a ideia de ter luzes em néon na sua base.


A parede estava praticamente coberta por prateleiras, cheias de taças e troféus, bandeiras a representarem Os Lamas, a sua equipa.


Havia outra prateleira com um capacete de Rugby um pouco mais pequeno que a sua cabeça. Notando a minha expressão interessada para esse objectos, o Jake explicou-me:
- Esse foi o capacete que usei no meu primeiro jogo de Rugby. Tinha 10 anos. – Soltou uma gargalhada. – Quando tomei posse da bola, em vez de correr, esperei aplausos do público, mas só conseguia ver caras preocupadas, pois, nesse mesmo instante, metade dos jogadores da equipa adversária atiraram-se para cima de mim, a fim de me tirar a bola, com sucesso.
Soltei uma gargalhada um pouco mais intensa.
- Não acredito… e agora és capitão da equipa…
- Pois sou… - Confirmou ele, com uma expressão triunfante.
O Jake sentou-se na cama, convidando-me para sentar também. Sentia-me à vontade naquela casa, como se fosse minha. Não me sentia como se fosse na casa de um estranho, onde eu tivesse vergonha de me sentar onde quer que fosse, e permanece-se quieta, de pé, o tempo todo.
Sentei-me.
- Espero que não te importes com a desarrumação.
- Não… podes crer que o meu quarto está bem pior… estava


- Tu não fazes mesmo tenções de voltar para tua casa pois não?
- Por enquanto não, Jake. Estou bem onde estou agora. A minha avó trata-me muito bem e eu sinto-me bem ao seu lado.
- Nem acredito na quantidade de coisas que passaste na semana passada. Nem me passava pela cabeça.
- Sim… e confesso que ainda estou surpreendida de teres acreditado em mim…
- Eu sempre acreditarei em ti… sempre!


E com isto, deu-me um caloroso beijo.


- As coisas também não mudaram muito na tua ausência. – Continuou - A Sarah continua a mesma ridícula de sempre, quase a implorar que os jornalistas lhe tirem fotografias, e a Cassandra… bem… essa até mudou um pouco.
- Mudou? Ah… já sei. Fez uma permanente ao cabelo, foi? – Perguntei, friamente.
- Não! Ela tem estado abalada, Melody. Abalada com qualquer coisa. Até nas aulas tem estado um pouco lunática. Acho que ela tem saudades tuas…
Soltei um riso de escárnio ao ouvir a palavra “saudade”.
- Jake… eu sei que me queres reconfortar, mas todos nós sabemos que a Cassandra nunca vai mudar. Vai ser sempre a mesma obcecada pela Sarah e pela popularidade.


- Tu não percebes? Ela já não anda com a Sarah! Às vezes fala com ela, e chegam a tirar fotografias juntas, mas toda a gente percebe que ela já não está tão “fanática” pela Sarah. Eu acho que ela mudou.
- Isso já não me importa… não quero saber. A Cassie… Cassandra, escolheu o seu caminho… e eu… escolhi o meu.

8 Response to "Capítulo 68"

  • diogo Says:

    Gostei da ultima frase mesmo assim acho que ela nao a esqueceu! ambas acho que ainda são grandes amigas lá no fundo! Parabéns pelo exelente capitulo=D


  • Desi Says:

    Isso mesmo Mel!
    Força aí!
    Não ligues a essa doida!
    YUPI!
    As fotos estão demasiado perfeitas neste capítulo! *-*
    Quero muito maaaaaais!


  • Inês Says:

    Como sempre, ADOREI... (já não sei que palavras usar... xD)

    A casa do Jake é linda!! Muito moderna e cheia de estilo, como não poderia deixar de ser... :P
    O Jake é mesmo fofo para ela... :D :)

    Eu acho que finalmente a Cassie caíu em si... Ela parece mesmo sentir falta da amizade que tinha com a Melody!! Mas, como a Mel disse "(...) Cassandra escolheu o seu caminho(...)"....

    Quero o capítulo 69!!! xP

    Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Parabénssss... =]


  • Maines & Didi Says:

    OMG, nem sei o que dizer... que romantico que é o "Jaky" LOOL.....

    Bem, ADOREI E AMEI quando o Jake chamou riducula á Sarah... OHHHH, a casei tem saudades da Mel.. depois do que ela fez passar a Mel, nem merecia perdão.... Sou má... MUAHAHAHAHAH....


    Bem, nem sei o que dizer, talvez que está LINDO, PERFEITO... A CASA É LINDA... Ahhh, e vou voltar a repetir: JAKE, ÉS TAO ROMANTICO.... XDXDXDXDXD.....

    Bem, ando muito curiosa, para saber o que vai acontecer... posta rápido, senao tenho de ir ao hospital com ansiedade critica LOOL....


    Bjs, da didi.....

    P.S.: se for muito grande (coisa que duvido XD)... SORRY

    Bjs


  • Broken Doll ♥ Says:

    concordo com o desi,as fotos tavam perfeitas!
    acho que dps daquilo tudo a cassie mudou, mas mesmo assim acho que a melody deve continuar zangada com ela, pelo menos mais um pouco para a castigar! XD

    posta mais!

    foste tu que fizes-te a casa ?


  • Tudy Says:

    Obrigado a todos!
    Não... apenas mudei a pintura da casa e as janelas para dar um ar mais moderno, e mudei a decoraçao por dentro, claro! ;D


  • mmoedinhas Says:

    A casa é demais, queria viver lá!! Linda! E se o Jake andasse por perto tambem, nao me importava nada... hehehehehehe

    O Jake é tão... AHHHHHHHHHHH fantástico!!!! (mas o dave é mais! *abraça Dave*)

    *continuando a abraçar o dave* Bem, como ei-de dizer isto... está fantástico! As fotos tão mais que boas! O Jake na foto (*deixa contar*) 8 fez uma cara de derreter qualquer uma! kkkkkk *baba-se* *dave olha para mim com inveja e com olhinhos tristes* prontooooooo, anda cá *abraça com mais força* Pronto, agora tenho de ir embora... *tudy olha para mim* e vais levar o dave?
    Ah! Eu devolvo-o amanha... hehehehehehehe

    Qué mais!!!!


  • Mr.Lis Says:

    Adorei !!

    O que que será que eles vão fazer ? xD
    Agora fiquei curioso xD


    Adorei !!
    Parabéns !!!


Postar um comentário